1 atividade - metódos Antoconcepcionais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1 atividade - metódos Antoconcepcionais

Mensagem  Admin em Qui Mar 10, 2011 11:38 am

Coloque o resultado da sua pesquisa no forum com as caracteristicas, vantagens e desvantagem do método escolhido.

Admin
Admin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 11/02/2011

Ver perfil do usuário http://saoroque.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preservativo

Mensagem  Liny Kristina em Qui Mar 10, 2011 12:00 pm

Grupo: Aline C. Soares, Camila M. Perini e Jéssica Withoeft
Smile
Preservativo
O preservativo é um método contraceptivo do tipo barreira.
Este é o método contraceptivo mais utilizado em todo o mundo, que ajuda não só no planeamento familiar como também reduz o risco de transmissão de diversas DSTs. É feito de látex ou poliuretano e geralmente vem já lubrificado, existindo em várias cores, aromas e tamanhos. Deve estar presente durante todo o acto sexual: deve colocar-se antes de iniciar a penetração e retirar-se depois da ejaculação, antes que o pénis perca a ereção.

Apesar de ser o método mais eficiente contra a transmissão do vírus HIV (causador da epidemia da SIDA), o uso de preservativo não é aceito pela Igreja Católica Romana, pelas Igrejas Ortodoxas e pelos praticantes do Hinduísmo. O principal argumento utilizado pelas religiões para sua recusa é que um comportamento sexual avesso à promiscuidade e à infidelidade conjugal bastaria para a protecção contra DSTs.

Colocação correta do preservativoAo colocar o preservativo, de modo a evitar possíveis rompimentos ou danos ao material, garantindo a eficácia do método contraceptivo, o usuário deve seguir uma seqüência de passos recomendada pelos fabricantes. Os passos mais importantes são:

1.Primeiramente, verificação da data de vencimento do preservativo na caixa ou na embalagem. Não se deve utilizá-lo se tal data já estiver expirada (eles podem parecer normais, mas se rompem mais facilmente).
2.A abertura da embalagem deve ser feita cuidadosamente em um de seus lados, evitando a abertura com dentes e unhas, o que poderia causar a ruptura do preservativo.
3.O usuário deve apertar levemente a extremidade (reservatório de sêmen) do preservativo para evitar o acúmulo de ar nesta região. As bolsas de ar podem romper um preservativo facilmente.
4.Deve-se verificar o lado correto do preservativo antes de desenrolá-lo. O preservativo deve ser colocado na ponta do pênis ereto. Há duas maneiras de colocá-lo, mas o preservativo se desenrola em somente uma delas.
5.O preservativo deve ser desenrolado sobre o pênis, até a base.
6.Antes de começar a relação sexual, é recomendável testar se o preservativo não está "folgado" no pênis.
7.Nunca se deve utilizar o mesmo preservativo mais de uma vez. Cada relação sexual necessita de um novo preservativo.
8.O preservativo deve ser retirado do pênis logo após a ejaculação. Segurar o preservativo enquanto retira o pênis da vagina ou anus evita vazamentos.

Efetividade Prevenção contra DSTsDe acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos em 2000, o uso de preservativos de latéx pode:

quando usado regularmente reduzir o risco de transmissão de SIDA/HIV.
quando usado correctamente reduzir o risco de gonorréia nos homens.
quando usado correctamente reduzir o risco de transmissão de Chlamydia trachomatis, tricomoníase e sífilis.
reduzir o risco de manifestações relacionadas com o HPV (embora sem dados conclusivos sobre a transmissão do mesmo).
sem conclusões no caso da herpes genital e do cancro mole.
O estudo também concluiu que os preservativos masculinos de latéx têm:
taxas de quebra entre 0,4 a 2,3%
taxas de deslizamento equivalentes
Estas taxas são influenciadas pela experiência do usuário, tamanho do preservativo e utilização de lubrificação.

Um artigo no American Journal of Gynecologic Health mostrou que "todas as mulheres que usaram Reality®️ (uma marca de preservativo feminino) corretamente e freqüentemente ficaram protegidas do protozoário Trichomonas vaginalis (causador da tricomoníase vaginal)".
Causas de falha: Geralmente as causas mais comuns são rompimento, acumulo de ar no interior do preservativo e deslizamento após a ejaculação.

DSTs
"Doenças sexualmente transmissíveis são infecções transmitidas através de uma relação sexual com alguém que já seja portador da infecção".

Estas infecções são geralmente transmitidas através do coito, mas podem ainda ocorrer através de outros tipos de contato sexual, como a relação sexual anal e oral. Elas podem ser causadas por parasitas, bactérias ou vírus. A importância destas doenças está no fato de, além do alto risco de disseminação, poderem ocasionar graves danos à saúde do indivíduo acometido. As conseqüências podem ser desde distúrbios emocionais, doença inflamatória pélvica (DIP), infertilidade, lesões fetais, até câncer, além de facilitar a transmissão do vírus da AIDS (HIV)".

A incidência das DST vem aumentando nos últimos anos, sendo considerada como um problema de Saúde Pública. Este aumento ocorre em conseqüência das baixas condições socioeconômicas e culturais, das péssimas atuações dos serviços de saúde, do despreparo dos profissionais de saúde e de educação, e da falta de uma educação sexual adequada, principalmente voltada para os jovens. Hoje, as DST estão entre as doenças mais comuns em todo o mundo. As mais comuns são a AIDS, sífilis, gonorréia e clamídia.

Quem pode pegar uma DST?

Qualquer pessoa que tenham atividade sexual tem risco de contrair uma DST. O risco maior ocorre quando a pessoa tem relação com vários parceiros, ou quando o parceiro teve ou tem parceiros múltiplos. Ainda, quando a relação sexual foi realizada (ou costuma ser) sem a utilização de preservativo (camisinha).

Os principais sintomas das DSTs são:

- Coceira ao redor da vagina e/ou corrimento vaginal
- Corrimento/secreção na uretra peniana no homem
- Dor durante o sexo, ao urinar, ou na região da pelve
- Dores de garganta após sexo oral
- Dores no ânus após sexo anal
- Lesões de tipo cancro, não dolorosas na área genital, ânus, língua e/ou garganta
- Urina escura; urinar a todo momento; fezes mais claras
- Pequenas vesículas ou nódulos que se rompem na área genital
- Febre, dor no corpo, gânglios linfáticos aumentados
- Perda de peso, suores noturnos, cansaço inexplicável, infecções raras acontecendo
- Verrugas cor da pele na área genital

Prevenindo as DSTs
Todas as pessoas que tem relações sexuais estão sob risco para as DST. Assim, alguns cuidados são importantes ao escolher o parceiro sexual, e no ato sexual propriamente dito. As principais recomendações são:

1. Escolha do parceiro(a) sexual - O ideal é que as relações sejam monogâmicas estritamente
2. Se isso não for possível, evite relações com pessoas portadoras de DSTs
3. Limite o número de parceiros(as) sexuais - quanto maior o número, maior o risco que você se contaminar, ou de disseminar uma infecção da qual você seja o portador
4. Procure por sinais de DSTs em seu parceiro(a) - verrugas, secreções, lesões de pele, etc.
5. Não tenha relações sexuais se você está em tratamento para uma DST
6. Use sempre a camisinha, inclusive para sexo oral e anal - lembre-se, estas também são formas de relação sexual e través das quais uma doença pode ser transmitida
7. Use espermicida (nonoxinol-9) juntamente com as camisinhas - o espermicida pode ajudar a matar alguns dos germes que causam as DSTs
8. Lave os genitais com água e sabão e urine logo após a relação sexual - isso pode ajudar a limpar germes (caso existam), antes que eles tenham a chance de infectá-lo(a)


Última edição por Liny Kristina em Qui Mar 10, 2011 7:11 pm, editado 1 vez(es)

Liny Kristina

Mensagens : 2
Data de inscrição : 10/03/2011
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Metodos Hormonais

Mensagem  monica em Qui Mar 10, 2011 12:01 pm

Os métodos hormonais actuam inibindo a estimulação do ovário, não permitindo a ovulação. Alguns métodos hormonais de contracepção contêm uma associação de estrogénio e progestagénio, que actua prevenindo a libertação mensal do óvulo. Além disso, o muco que existe na entrada do útero torna-se mais espesso, dificultando a passagem dos espermatozóides. Outros métodos contêm apenas progestagénio e actuam por espessamento do muco à entrada do útero e alteração das suas paredes. Em algumas mulheres, também pode prevenir a ovulação. É importante que o teu médico ou enfermeiro do Planeamento Familiar conheça a tua história clínica antes de iniciares qualquer contracepção hormona, uma vez que algumas formas não adequadas a mulheres em determinadas condições. Existem diferentes métodos disponíveis (pílula, adesivo, implante, anel, injecção, entre outros), no entanto, é importante ter em conta os prós e contras gerais da utilização de um método hormonal. Vantagens - Os métodos hormonais são a forma mais segura de protecção contra uma gravidez indesejada. - Os métodos hormonais são uma forma reversível de contracepção; a mulher pode ficar grávida assim que interrompe a sua utilização. - Existem diversas opções disponíveis, aplicando-se a diferentes necessidades, por exemplo, associações e dosagens de substâncias hormonais, formas de aplicação diferentes. - Fácil de utilizar. - Benefícios de saúde adicionais, por exemplo, melhoria da pele e do cabelo, períodos menos abundantes e mais curtos. Desvantagens - Não protegem contra infecções sexualmente transmissíveis (IST), pelo que deve também ser utilizado um preservativo. - Algumas mulheres sentem efeitos secundários – as causas destes sintomas devem ser estudadas, uma vez que pode existir um outro método de contracepção hormonal que seja mais adequado para ti.
Postado por Cres'Sendo às 14:04
0 comentários:
Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início
Assinar: Postar comentários (Atom) Quem sou eu
Cres'Sendo
Blog do Projecto de Educação Sexual da E.B. 2,3 Teixeira Lopes
Visualizar meu perfil completo
Arquivo do blog
► 2010 (3)
► Março (2)
Dúvidas e Mitos sobre Homossexualidade
Identidade e Orientação Sexual
► Janeiro (1)
Infecções Sexualmente Transmissíveis
▼ 2009 (22)
► Dezembro (4)
FELIZ NATAL E UM 2010 RECHEADO DE SUCESSOS E ALE...
Gravidez na Adolescência
Gravidez
Planeamento Familiar
► Novembro (3)
Comemorações do DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA A SIDA
Dia Mundial da Luta Contra a SIDA
Espaço "Cres'Sendo"
► Maio (3)
Dupla Protecção
Métodos Contraceptivos Definitivos
Contracepção de Emergência
▼ Abril (3)
Outros Métodos Hormonais
Pílula
Métodos Hormonais
► Março (5)
Outros Métodos de Barreira
Preservativo Masculino
Métodos de Barreira
Métodos Contraceptivos
A Contracepção e o “Sexo Seguro”
► Fevereiro (1)
Educação Sexual em Meio Escolar
► Janeiro (3)
Centro de Atendimento a Jovens - CAJ
Consulta Ginecológica
Acção de Sensibilização sobre "Educação Sexual em ...
► 2008 (21)
► Dezembro (1)
Boas Festas!!!!!!!
► Novembro (12)
Dia Mundial da Luta Contra a SIDA
SIDA: Factos contra preconceitos
Adolescência
As mudanças do corpo na puberdade - Raparigas
Aparelho Reprodutor Feminino
Ciclo Menstrual
A menstruação
As mudanças do corpo na puberdade - Rapaz
Os órgãos genitais masculinos
Esperma, espermatozóides & companhia
Pénis & Testículos
Erecção & Ejaculação
► Outubro (2)
Algumas respostas (I)...
Algumas respostas (II)...
► Setembro (3)
Sexualidade
Dimensões da Sexualidade
WE`RE BACK!!!
► Fevereiro (3)
Sexualidade
Dúvidas
Projecto "Cres'Sendo"
Links Utéis
E.B. 2,3 Teixeira Lopes
Moodle
APF
Portal da Juventude
Coordenação Nacional para a Infecção VIH/SIDA - Alto Comissariado da Saúde
Abraço
as nossas visitas:

Free Counter

monica
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Metodos naturais

Mensagem  sabrina em Qua Mar 30, 2011 1:48 pm

Coito interompido:consiste em retirar o pênis da vagina momentos antes da ajaculação.Esse metodo não é seguro.Porque o adolecente não é muito treinado nesta pratica,oque pode tornala ,bastante falivel.
Métodos da curva da Temperatura:é um método que determina o periodo da ovulação .Todos os dias a mulher deve medir a sua temperatura corporal na mesma hora.Os registros dessas temperaturas permitirão a cosntrução de uma curva bifazica se o ciclo menstrual for normal.Isso esplica pelo fato que pouco depois da ovulação a temperatura baseal aumentou de 0,33°C a 0,4°C e quando a temperatura se mantem por tres dias seguidos a ovulação já ocorreu.Esse metodo não é muito eficaz.
Tabelinha:chamada também de calendário.O método da tabelinha tem por finalidade apresentar periodos seguros e periodos em que a maior risco de gestação.A ovulação ocorre normalmente o 14° e o 15° dia do ciclo.
As relações devem ser tidas foras destes dias,com margens de segurança de quatro dias, do 1° ao 10° dia e do 20° ao 30° dia.
Métodos da Ovulação ou Muco:conhecido como metodo Billings.É baseado no periodo em que a melher ovula e libera uma secreção vaginal,nornandoa mais úmida do que normalmente.Essa secreção é o muco claro,pegajoso, com aspecto de clara de ovo. Nesse periodo a mulher esta fertil e, para não engravidar deve evitar manter relações sexuais. Método considerado pouco seguro, pois sequer bastante treino e observação.
OBS:Os métodos naturais tornan-se mais seguros se forem combinados com espermisidas ou pre
servativo.

sabrina

Mensagens : 2
Data de inscrição : 30/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Espermatozóide

Mensagem  sabrina em Qui Mar 31, 2011 11:41 am

Lá vai o meu espermatozóide!
Lá vai meu espermatoidezinho!
Remando,Remando
Remando no barquinho
Não há quem não tenha tabelinha
De uma menstruação que foi embora
Não há quem não sinta saudade
Não há óvulo que não se multiplique
Eu vivo fazendo um pedido pra marre que te levou
Eu tô com saudade de tú
Eu tô,eu tô
Mar,ô mar,ô mar
Pega,a garra,segura
Trás o meu espermatoidezinho pra cá
La vai o meu espermatozóide...

sabrina

Mensagens : 2
Data de inscrição : 30/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

métodos anticoncepcionais (pílulas)

Mensagem  Dara Carlini em Qui Mar 31, 2011 11:44 am

A partir de que dia a pílula começa a fazer efeito?
Se tomada corretamente, a pílula fará efeito a partir do primeiro dia em que se tomou.

Na pausa entre uma cartela e outra posso ter relações sem medo de engravidar?
Sim, nos dias de pausa das pílulas elas continuam a funcionar, ou seja, há proteção efetiva contra a gravidez.

E se eu esquecer de tomar um dia?
A pílula deve ser tomada diariamente no mesmo horário aproximado. Isso quer dizer que se eu tomar à noite, devo continuar tomando à noite. Se esquecer e lembrar de tomar dentro de 12 horas, a pílula continuará funcionando. Se esquecer por mais de doze horas verifique as instruções com seu médico ou na bula do produto. Tome a pílula que esqueceu logo que lembrar, e a pílula do dia no seu horário habitual. Verifique sempre na bula do produto e com seu médico informações detalhadas e específicas sobre o tipo de pílula que você está tomando.

Pílula faz mal?
Pílula anticoncepcional é um dos medicamentos mais usados (e mais estudados) no mundo todo. Seus efeitos colaterais são mínimos comparados ao benefício de evitar uma gravidez indesejada ou não planejada. Além do mais, a pílula protege mulheres de infecções genitais, câncer de ovário e alguns tipos de câncer de útero.

E se eu não for tiver relações por um grande período?
Mesmo assim é preferível continuar tomando.


equipe:Ana,Dara e Carolina

Dara Carlini

Mensagens : 1
Data de inscrição : 31/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 atividade - metódos Antoconcepcionais

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum